Brasil está no Grupo E da Copa do Mundo da Rússia que não tem seleções de peso

A Copa do Mundo já começou para a Seleção Brasileira. Nesta sexta-feira, a Fifa sorteou os grupos do Mundial da Rússia. O Brasil entrou no Grupo E, que não tem seleções de peso. Fazem parte da chave Suíça, Costa Rica e Sérvia.

 

O Brasil estréia diante da Suíça no dia 17 de junho, às 15h (horário de Brasília), em Rostov. O segundo jogo será contra a Costa Rica, no dia 22 de junho, às 9h, em São Petersburgo. A Seleção encerra a participação na fase de grupos contra a Sérvia, no dia 27 de junho, às 15h, em Moscou, no estádio do Spartak. As características do Mundial são interessantes.

 

O terceiro último campeão (Itália) está fora, o terceiro da última Copa (Holanda), fora; o Chile que é bi da Copa América, fora. Por isso, a preparação tem que ser na total plenitude. Não há nenhum grupo da morte, como ocorreu em outros Mundiais.

 

O sorteio da Copa do Mundo de 2018, realizado nesta sexta-feira (1/12), definiu que Brasil x Argentina, o maior clássico entre seleções do mundo, só poderá ocorrer no Mundial da Rússia em uma possível decisão, caso ambos vençam seus grupos.

 

Cabeça de chave do Grupo D, a seleção comandada por Messi terá Islândia, Croácia e Nigéria pela frente. Já a Seleção de Tite enfrentará Suíça, Costa Rica e Sérvia. Caso passem na ponta da fase de grupos, os sul-americanos só se encontrariam em uma eventual final.

 

Ainda há a possibilidade de o clássico valer a disputa do terceiro lugar do torneio. Se uma das seleções passar na segunda posição do grupo, porém, o encontro estará marcado para a semifinal. Brasil e Argentina nunca se enfrentaram em uma final de Copa do Mundo.

A Copa do Mundo já começou para a Seleção Brasileira. Nesta sexta-feira, a Fifa sorteou os grupos do Mundial da Rússia. O Brasil entrou no Grupo E, que não tem seleções de peso. Fazem parte da chave Suíça, Costa Rica e Sérvia.

 

O Brasil estréia diante da Suíça no dia 17 de junho, às 15h (horário de Brasília), em Rostov. O segundo jogo será contra a Costa Rica, no dia 22 de junho, às 9h, em São Petersburgo. A Seleção encerra a participação na fase de grupos contra a Sérvia, no dia 27 de junho, às 15h, em Moscou, no estádio do Spartak. As características do Mundial são interessantes.

 

O terceiro último campeão (Itália) está fora, o terceiro da última Copa (Holanda), fora; o Chile que é bi da Copa América, fora. Por isso, a preparação tem que ser na total plenitude. Não há nenhum grupo da morte, como ocorreu em outros Mundiais.

 

O sorteio da Copa do Mundo de 2018, realizado nesta sexta-feira (1/12), definiu que Brasil x Argentina, o maior clássico entre seleções do mundo, só poderá ocorrer no Mundial da Rússia em uma possível decisão, caso ambos vençam seus grupos.

 

Cabeça de chave do Grupo D, a seleção comandada por Messi terá Islândia, Croácia e Nigéria pela frente. Já a Seleção de Tite enfrentará Suíça, Costa Rica e Sérvia. Caso passem na ponta da fase de grupos, os sul-americanos só se encontrariam em uma eventual final.

Ainda há a possibilidade de o clássico valer a disputa do terceiro lugar do torneio. Se uma das seleções passar na segunda posição do grupo, porém, o encontro estará marcado para a semifinal. Brasil e Argentina nunca se enfrentaram em uma final de Copa do Mundo.

Porém, em quatro oportunidades a tabela da competição cruzou os rivais continentais. O time brasileiro leva a melhor no retrospecto: duas vitórias, um empate e uma derrota. O revés canarinho foi no último encontro entre os países, nas oitavas de final da Copa do Mundo de 1990.

Porém, em quatro oportunidades a tabela da competição cruzou os rivais continentais. O time brasileiro leva a melhor no retrospecto: duas vitórias, um empate e uma derrota. O revés canarinho foi no último encontro entre os países, nas oitavas de final da Copa do Mundo de 1990.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *