Celebrações do Dia do Trabalhador na Grande BH têm protestos contra reformas

As celebrações do Dia do Trabalhador na Região Metropolitana de Belo Horizonte, nesta segunda-feira (1º), tiveram protestos contra as reformas trabalhista e da previdência. Em Contagem, tradicional missa celebrou pela 41ª vez a data, na Praça da Cemig, na Avenida Cardeal Eugênio Pacelli, no bairro Cidade Industrial.

ato-contagem

A missa, celebrada pelo Bispo Auxiliar Dom Otacílio Ferreira de Lacerda, teve a participação de fiéis de vários municípios da Região Metropolitana. Durante a celebração, sindicalistas espalharam faixas em oposição às reformas trabalhista e da previdência. Antes da missa, eles discursaram contra as propostas.

Dom Otacílio Lacerda também destacou o momento difícil para o trabalhador brasileiro. “O momento é muito delicado. Como se sabe, 13 milhões, caminhando pra mais, de desempregados, a situação social está muito difícil. Nós sentimos isso dentro de nossas comunidades”, afirmou o bispo.

Ainda em Contagem, no Parque Linear do Ressaca, é realizada a festa do trabalhador. O evento é organizado por centrais sindicais e o objetivo é promover momento de lazer e diversão para os trabalhadores. Na programação tem sorteio de brindes e shows.

ato-01

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *