Chefe do tráfico na Rocinha Rogério 157 é preso

O traficante Rogério Avelino da Silva, o Rogério 157, foi preso pela Polícia Civil na manhã desta quarta-feira (6). O criminoso é o chefe do tráfico na favela da Rocinha, Zona Sul do Rio, e foi o responsável pelo início de uma guerra sangrenta na comunidade, em setembro.

Rogério 157 era o bandido mais procurados do Rio de Janeiro, com recompensa estipulada em R$ 50 mil. Ele foi preso na comunidade do Arará, na Zona Norte do Rio, e levado para a Cidade da Polícia, no Jacarezinho, onde presta depoimento. Na chegada à delegacia, questionado se esperava ser preso, respondeu apenas que “não”.

O traficante foi capturado por policiais da 12ª DP (Copabacana) e da 13ª DP (Ipanema), que vasculhavam o local para cumprir mandados de prisão.

Rogério 157 estava debaixo de cobertor

De acordo com os agentes, ele foi encontrado em uma cama, debaixo de um cobertor, em uma casa simples. Dois seguranças que faziam a proteção dele estavam na laje da casa e fugiram.

“Quando a polícia chegou, disse que era primo da moradora e que se chamava Marcelo de Souza Silva”, disse um dos policiais que efetuou a prisão.

Segundo investigadores, nos últimos meses, após a guerra na Rocinha, o criminoso rondava favelas controladas pelo Comando Vermelho, sem permanecer muito tempo em nenhuma comunidade, para despistar a polícia.

Segundo o Disque Denúncia, desde o início do ano foram recebidas 434 denúncias contendo informações sobre o traficante Rogério 157durante operação que ocorre nas imediações da comunidade da Mangueira. Ele era procurado por tráfico, associação para o tráfico de drogas, extorsão e homicídio.

Imagens de policiais ao lado de Rogério 157, instantes após sua prisão, foram viralizadas nas redes sociais. Nas fotos, eles aparecem posando para a fotografia ou até mesmo tirando selfies, sorridentes. Em uma delas, o próprio traficante aparece algemado e sorrindo.

FONTE : G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *