Cuba suspende envio de 710 médicos ao Brasil

O Ministério da Saúde informou nesta quinta-eira (13) que Cuba suspendeu o envio de 710 médicos cubanos ao Brasil previsto para o mês de abril. A pasta recebeu na terça, por meio da Organização Pan-Americana de Saúde (Opas), que faz a intermediação do programa, a solicitação de uma reunião de representantes do Brasil e de Cuba, para tratar do programa Mais Médicos.

De acordo com o ministério, o encontro tem o objetivo de analisar o aumento de ações judiciais de médicos cubanos vinculados ao programa e sua contratação direta pelo Ministério da Saúde, determinada por liminares da Justiça. Essa situação, segundo os cubanos, não estaria em conformidade com o acordo firmado, segundo confirmou a Opas . A vinda de 160 médicos que estavam em recesso, devido a férias ou casamento com brasileiros foi mantida.

O Ministério da Saúde disse estar disposto a enviar a Cuba uma delegação brasileira, para esclarecer os questionamentos de Havana. A pasta destacou que o problema não significa que o acordo está rompido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *