Estados Unidos, Reino Unido e França bombardearam alvos relacionados a armas químicas na Síria

O bombardeio de Estados Unidos, França e Reino Unido a alvos supostamente relacionados a armas químicas na Síria começou por volta das 4h da madrugada na Síria (22h da última sexta-feira em Brasília), no momento em que o presidente norte-americano Donald Trump anunciava a ação.

A Rússia chegou a afirmar que a defesa antiaérea síria interceptou 71 mísseis, no entanto, o Departamento de Defesa dos EUA disse que nenhum dos 105 mísseis disparados sofreu interferência e todos acertaram os alvos relacionados a armas químicas na Síria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *