Falta de água no São Cristóvão vira caso de polícia

Na manhã do sábado (10), por volta das 07h50, a Polícia Militar foi acionada por um advogado de 34 anos, morador da Rua Leandro Ferreira, no Bairro São Cristóvão, em Pará de Minas.

Segundo ele, por diversos finais de semana, a casa dele ficou sem o fornecimento de água. Ainda segundo o advogado, essa situação é contrária às propagandas da empresa Águas de Pará de Minas, que alega que não há casos de falta de água na cidade.

Os policiais estiveram na residência de um vizinho do solicitante, onde não havia falta de água. Na casa da frente, onde reside uma mulher, também não havia o fornecimento de água pública.

O advogado garante que entrou em contato com a empresa Águas de Pará de Minas, mas não recebeu uma resposta satisfatória dos atendentes. Uma ocorrência policial foi registrada na Delegacia da Polícia Civil de Pará de Minas.

Nota da empresa Águas de Pará de Minas

A concessionária Águas de Pará de Minas informa que já está ciente e vai apurar a questão ocorrida no Bairro São Cristóvão no último sábado, dia 10 de setembro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *