Gastroenterite hemorrágica mata cães em Pará de Minas

A gastroenterite hemorrágica se caracteriza por um inicio agudo de diarreia aguda em cães anteriormente saudáveis. Se o problema estiver limitado aos vômitos, denomina-se gastrite, se estiver limitado a diarreias, denomina-se enterite.

A maior parte das gastroenterites pouco complicadas é provocada pela ingestão de comida estragada ou contaminada, sendo os cães mais afetados devido aos seus hábitos alimentares menos descriminados.

É provável um aumento acentuado nas permeabilidades vascular e mucosa.Vazam plasma, hemácias e fluido para o interior do lúmen intestinal.Raramente se observam inflamação e necrose.

Frequentemente, a causa real de gastroenterite permanece desconhecida e a maior parte dos animais recebe tratamento sintomático com o objetivo de reduzir os sinais clínicos que são incômodos para os animais (por exemplo, vômito e diarreia), garantindo, assim, o bem-estar do animal e a sua recuperação.

Carlos Magno Barbosa Diniz, veterinário do Centro de Controle de Zoonoses, confirma a morte de muitos cães em Pará de Minas nos últimos dias com gastroenterite hemorrágica e explica o que os donos de cães e gatos precisam fazer para proteger os animais da doença.

A gastroenterite hemorrágica é frequentemente observada em cães com 2 a 4 anos de idade e se caracteriza por um inicio agudo de vômito e diarreia sanguinolenta, anorexia e depressão.

Os cães não ficam clinicamente desidratados, mas, a menos que se inicie um suporte hídrico, pode se desenvolver choque hipovolêmico. A doença não é contagiosa e pode ocorrer sem alterações óbvias na dieta, ambiente ou rotina diária.

A maior parte dos cães e gatos podem não tolerar uma alteração súbita da dieta; como tal, deve-se introduzir lentamente uma nova dieta durante alguns dias.

A vacinação regular também protege o animal contra várias doenças virais graves, tais como a parvovirose, que afeta o trato gastrointestinal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *