Jovem confessa o assassinato brutal

Lucas Mateus Rodrigues Lopes, de 19 anos, está preso preventivamente na Penitenciária Pio Canedo, em Pará de Minas. Ele confessou o assassinato de Eucheles Santana de Souza, que tinha 28 anos.

O corpo de Eucheles foi localizado debaixo da ponte da Matinha, na BR-262, ainda nos limites de Pará de Minas. Ele tinha várias perfurações feitas por arma de fogo e algumas partes do corpo estavam queimadas. O crime aconteceu no dia 3 de janeiro de 2016 e o corpo foi encontrado na manhã seguinte.

De acordo com o delegado Francis Diniz Guerra, as investigações apontaram que Lucas era o principal suspeito do crime. O policial explica que os dois tiveram uma desavença por causa do sumiço de uma droga pertencente a Lucas e isso resultou no bárbaro assassinato na Matinha.

Doutor Francis afirma que o jovem simulou que estava tudo bem entre ele e Eucheles justamente para atraí-lo até a BR-262. O delegado de Homicídios de Pará de Minas fala que Lucas foi extremamente cruel com a vítima.

Francis Diniz Guerra. 04.02.2016

Segundo o inspetor Ricardo Carvalho, da Polícia Civil, Eucheles somente foi identificado poucos minutos antes de ser enterrado como desconhecido em Pará de Minas. A fotografia dele e um telefone celular que estava em seu bolso ajudaram na identificação.

Ricardo Carvalho. 04.02.2016

Lucas Mateus Rodrigues Lopes vai continuar preso na Penitenciária Pio Canedo, em Pará de Minas, até uma decisão contrária da justiça. Ele não quis falar com a imprensa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *