Mercado financeiro dá sinais de melhora no Brasil, mas em Pará de Minas continua retraído

As vendas de imóveis aumentaram cerca de 10% em 2017 em comparação com 2016, segundo a Abecip (Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança). Apesar da singela recuperação, a pergunta que não quer calar é: o que vai ser do mercado imobiliário em 2018?

A economia do Brasil está passando por um momento complicado. Em tempos de crise financeira é natural que todo cidadão pense duas vezes antes de fazer compras.

E, é claro, isso influenciou todos os aspectos do país, inclusive, o mercado imobiliário. Renato Franco, proprietário de uma imobiliária, explica como está o mercado imobiliário em Pará de Minas neste inicio de 2018.

Questionado se a oferta é maior do que a demanda no mercado imobiliário hoje em Pará de Minas, Renato Franco tem a seguinte resposta.

Especialistas do mercado financeiro ouvidos pelo Banco Central prevêem melhora na economia do país em 2018.  Eles acreditam que a inflação deva ser menor e que a economia deverá voltar a crescer.

Ao que tudo indica a inflação deste ano vai ficar abaixo da meta central, que é de 4,5%. Os especialistas apontam uma inflação de 3,09% para 2018. O PIB (Produto Interno Bruto) também deve crescer de acordo com o levantamento do Banco Central. A última previsão é de aumento em 2,51%.

Os analistas também estimam que a taxa básica de juros, a Selic, vai se manter estável em 2018. Atualmente ela está em 7,5% ao ano e a expectativa para o fechamento do próximo é de 7%.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *