Professores e servidores estaduais continuam na luta por seus direitos

Na luta por seus direitos os professores e servidores estaduais cobram o acordo prometido pelo Governador de Minas Gerais que foram reajuste salarial, melhores condições de trabalho, realização de concurso público entre outras promessas e que até o momento não foram cumpridas.

A principal reivindicação dos professores e servidores estaduais é duas leis que não estão sendo cumpridas pelo Governador, como explica o professor de história, Rondineli Alves.

De acordo com professor Rondineli Alves, os trabalhadores estão perdendo sofrendo perdas em seus salários com o descumprimento a lei.

Outras reivindicações também estão sendo feitas pelos servidores como a questão do IPSEMG e o crédito consignado como ressalta Rondineli Alves.

O professor Rondineli Alves destaca como está a adesão em relação à greve que começou no mês passado.

Para ir a mesa de votação a PEC do Reajuste Salarial como é chamada pelos educadores necessita de pelo menos 26 assinaturas dos 77 deputados estaduais.
Após a assinatura de no mínimo 26 deputados, a PEC vai ser encaminhada para a votação. Uma vez aprovada a mesma seguirá para a sansão do Governo de Minas.

One Comment

Leave a Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *