Sites da PBH, TJMG e MPMG são retirados do ar em dia de ataque hacker

Diante dos ataques cometidos por hackers em mais de 70 países utilizando um programa malicioso, os sites da Prefeitura de Belo Horizonte (PBH), do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) e do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG) foram retirados do ar no fim da tarde desta sexta-feira (12) como medida de segurança.

Batizado pelos hackers de “Wanna Cry 2.0”, o programa que atacou empresas ao redor do mundo é um tipo de malware – software destinado a infiltrar-se em um sistema de computador de maneira ilícita – que criptografa todos os arquivos da máquina e só os devolve ao proprietário mediante o pagamento de um resgate.

A reportagem de O TEMPO entrou em contato por telefone com a PBH que rechaçou qualquer ataque aos computadores da administração municipal nesta sexta. Segundo a assessoria da prefeitura, todas as máquinas foram desligadas por volta de 17h30 para evitar qualquer problema até que as atualizações de segurança sejam feitas. A previsão é que logo nas primeiras horas da próxima segunda-feira (15) o site volte ao ar normalmente.

Ainda conforme a PBH, nenhum cidadão teve o atendimento prejudicado no sistema online nesta sexta, porque os computadores ficaram ligados durante todo o período de expediente da prefeitura.

O TJMG, por sua vez, emitiu um comunicado em sua página explicando que os serviços no site ficarão indisponíveis até que as atualizações nos servidores ocorram. O portal do tribunal saiu do ar preventivamente por volta de 17h.

Já a assessoria do MPMG não foi encontrada para falar sobre o assunto nesta noite.

De acordo com o site especializado em tecnologia “Olhar Digital”, o ataque feito pelos hackers se baseia em uma vulnerabilidade do Windows explorada pela Agência Nacional de Segurança dos EUA, a NSA. Ainda conforme o site, a falha já foi corrigida, no entanto, usuários que ainda não atualizaram o Windows continuam sendo atacados.

Leia nota enviada pela Prodabel, empresa de informática e informação de BH:

“Devido ao ciberataque, a Prodabel enviou comunicado hoje aos funcionários da Prefeitura de Belo Horizonte orientando que todos os computadores fossem desligados, mantendo apenas serviços essenciais de atendimento à população até o dia 15, quando novas orientações serão repassadas”.

Fonte: O Tempo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *