Vereador denuncia falta de merenda na Escola de Torneiros

Desde o final de dezembro do ano passado, alunos da Escola Estadual Zico Ferreira, localizada no distrito de Torneiros, estão sofrendo com a falta de merenda, porque o Governo do Estado de Minas Gerais parou de enviar a verba para a compra dos alimentos.

O vereador Rodrigo Alves Menezes, que é o representante do distrito na Câmara Municipal, denunciou a falta da merenda na Escola e afirmou que mais de 400 alunos estão sendo prejudicados.

De acordo com contas feitas pelo próprio vereador Rodrigo Alves Meneses, é um gasto irrisório por dia, cerca de sessenta centavos por aluno.

O vereador Rodrigo Alves Menezes também vai apresentar suas denúncias ao Ministério Público para que o problema possa ser resolvido.

Já a Secretaria de Estado de Educação enviou a seguinte nota:

A Secretaria de Estado de Educação (SEE) informa que os recursos para custeio da alimentação escolar dos estudantes das escolas estaduais são provenientes do Governo Federal, através do Programa Nacional de Alimentação Escolar do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (PNAE/FNDE). A Secretaria repassa os recursos para essa finalidade, ficando então a aquisição dos alimentos e a preparação da merenda a cargo de cada unidade escolar.

O PNAE/FNDE liberou no dia 15 de março a consulta sobre as liberações de recurso para alimentação escolar de diversas modalidades de ensino.

O valor total para o Estado é de R$ 14.414.282,76. Trata-se da primeira parcela de um total de 10 liberadas mensalmente e que serão descentralizados pelo Órgão Central da SEE para as escolas ao longo desta semana.

Além disso, desde 2015, o Governo do Estado repassa um aporte para complementar o recurso de alimentação para os alunos, como contrapartida, além do custeio da alimentação dos servidores que atuam nas escolas.

Em 2018, o Governo de Minas Gerais já repassou para as escolas, no dia 5 de março, o valor aproximado de R$ 5 milhões para merenda, referente à contrapartida.

Deste montante, a Escola Estadual Zico Ferreira, em Pará de Minas, recebeu o valor de R$1.080,00, referente à primeira parcela desses recursos.

Em 2017, a unidade recebeu um total de R$ 27.462,00, referentes ao recurso de alimentação escolar pelo FNDE, e R$ 7.596,00, referente a contrapartida do Governo de Minas Gerais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *